"E que a minha loucura seja perdoada, por que metade me mim é amor e a outra também."

terça-feira, 21 de junho de 2011

A cura



Fui no médico para me curar
E a cura então, ele procurou me dar
Os sintomas fui lhe mostrar
Disse que vazia parecia estar

Ele então conselhos me deu
Disse para que eu me enche-se de:
Alegria, amor, paixão e perdão
Tentando assim, curar meu coração

Tentei, mas assim não consegui
E seus conselhos fui de novo ouvir
Retornou ele a me falar
Que feliz eu deveria tentar ficar

Tentou, com certeza, ele me ajudar
Se ofereceu a comigo ficar
Me dar carinho
E me ensinar a perdoar

Comecei a entender que,
Sozinha já não iria perecer
Então, certa vez, pude perceber
Que o meu amor, conseguirá me entender

Boa fiquei, a esperança renasceu
E meu coração de novo floresceu
Contigo quero estar, contigo vou ficar
E seu amor, jamais vai me deixar

Projeto Redação 2011 - SMCE
Cuidando da vida com Poesia - A cura
Por: Bruna Frisso

0 comentários:

Postar um comentário

Retribuição

É muito importante ter você aqui. Escrever e Ler são duas coisas que vivem juntas, portanto agradeço a sua leitura no que eu escrevi. Desejo que você leia cada vez mais e goste cada vez mais. Volte sempre (:

Meus Amores e Minhas Amoras

Uma concepção minha

Minha foto
"Abraço minhas vontades, mesmo que a minha cara fique roxa de tanto apanhar. Cumpro minhas promessas, mesmo que me doa. Não brinco com os outros para me distrair, tampouco dou uma de boa samaritana para depois me esconder atrás da moita. Isso não. Por isso, digo e repito: gosto de gente de verdade."
Tecnologia do Blogger.

© Metade amor & Metade loucura, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena