"E que a minha loucura seja perdoada, por que metade me mim é amor e a outra também."

terça-feira, 21 de junho de 2011

A busca





Em que mundo parecemos estar?
Aonde o amor não posso mais encontrar
Como vamos então, poder nos cuidar?
Vamos ter que inventar, vamos procurar

Uma maneira mais simples
De se amar, vamos achar
Para melhor
Podermos então, tentar ficar

A cada dia começo a procurar
Tentando sem amor, não ficar
Mas infelizmente
Não pareço encontrar

Será que vamos então
Sem amor ficar?
Não, não pode ser
Algo tem que acontecer

Nós vamos procurar
Nós temos que achar
Mas como será, quando o achar?
Será que bonita vou ficar?

Acho que o vi
Passando por ali
Levando tudo sobre si
Para podermos conseguir, o mal destruir.

Projeto Redação 2011 - SMCE
Cuidando da vida com Poesia - A busca
Por: Bruna Frisso

0 comentários:

Postar um comentário

Retribuição

É muito importante ter você aqui. Escrever e Ler são duas coisas que vivem juntas, portanto agradeço a sua leitura no que eu escrevi. Desejo que você leia cada vez mais e goste cada vez mais. Volte sempre (:

Meus Amores e Minhas Amoras

Uma concepção minha

Minha foto
"Abraço minhas vontades, mesmo que a minha cara fique roxa de tanto apanhar. Cumpro minhas promessas, mesmo que me doa. Não brinco com os outros para me distrair, tampouco dou uma de boa samaritana para depois me esconder atrás da moita. Isso não. Por isso, digo e repito: gosto de gente de verdade."
Tecnologia do Blogger.

© Metade amor & Metade loucura, AllRightsReserved.

Designed by ScreenWritersArena